Soul Fighter

Tem dias que parece impossível surfar. Todo surfista já passou pela frustração de ver um pico lotado de pranchas e sem nenhuma onda. Pensando nisso, muita gente já tentou desenvolver piscinas com ondas artificias. No começo, os projetos eram muito caros e entre uma onda e outra era preciso esperar bastante tempo. Com o avanço da tecnologia, foram desenvolvidas várias formas de fazer ondas artificias e muitos surfistas profissionais já testaram e aprovaram os picos.

O Wavegarden, um dos projetos mais conhecidos, pode ser instalado em lagos e lagoas e consegue gerar até 120 ondas por hora. Além disso o sistema não agride a natureza. O “Jardim das ondas” é uma ótima opção para iniciantes e também para surfistas experientes que buscam aprimorar seus movimentos.

Outro projeto de destaque é o Wadi Adventure, localizado nos Emirados Árabes, bastante divulgado pelo curta metragem Eletric Blue Heaven. As constantes ondas perfeitas permitem que os surfistas arrisquem todo tipo de manobra sem se preocupar em “desperdiçar” a onda.

Surfar em ondas artificias ainda é um programa muito caro, mas na Indonésia vem sendo desenvolvido um projeto bem mais acessível. O australiano Fred Island, construiu uma máquina operada manualmente e com baixo consumo de energia. As ondas não são tão boas quanto a dos outros picos, mas o inventor acredita que com um pouco mais de investimento o projeto pode ser aprimorado.

Confira o vídeo:

WAVE GARDEN avec SURF REPORT from i.MAGE Production on Vimeo.

Foto: Divulgação/ Julen Elkoro/ Wavegarden

Importando com sucesso curso